quinta-feira, 21 de junho de 2007

- Patoquita -


Se é tão bom assim estar contigo

E se em sorrisos largos eu me deito

E se como um anjo rouco eu lhe cantasse


E se nas noites lentas que chovesse

Apenas o amor que ri solto em nossas vidas

O rubor querido dos vestidos e quadriculados


O tempo infinito grudado em teus sapatos

Girando sob os sóis a abrir mundos e rodar espaços


No incrível reino risonho

de suas primaveris ternuras




3 comentários:

- Marechal Carleto - disse...

à musa do Império Carletista!!!!

Patoca disse...

ressuscito o criador da dialética e grito:
“um vale mais que mil e esse for o melhor”
cantamos juntos
porque o nosso é muito melhor
amo-te

patoca disse...

ressuscito o criador da dialética e grito:
“um vale mais que mil se esse for o melhor”
cantamos juntos
porque o nosso é muito melhor
amo-te

Marechal Carleto Gaspar 1841

Marechal Carleto Gaspar 1841