segunda-feira, 30 de junho de 2008

Dicionário da Estepe - Citações do Dicionário Kazar

.

“Apenas trabalho com uma espécie de dicionário de cores e é o espectador quem cria, a partir desse dicionário, frases e livros, ou seja, imagens. Tu também poderias proceder do mesmo modo escrevendo. Não se poderia oferecer ao leitor um dicionário cujas palavras constituiriam um livro, deixando-lhe a tarefa de compor um conjunto a partir dessas palavras:”

Atlas

“... e sua pele, curtida e encadernada, como um grande atlas, foi instalada em lugar de honra na corte do califa em Samara; ela subsistia como uma enciclopédia viva dos kazares que...”

Babel

“Sabiam desde a infância que os pássaros de Salônica e da África não falam a mesma língua, que as andorinhas da Albânia e as do Nilo não se compreendem e que só os albatrozes se exprimem em toda a parte com a mesma linguagem”

Compreender

“Então o Arcanjo Gabriel falou:

_Preovibed Potasta se Oslobiti...*

E o monge compreendeu que o arcanjo se expressava saltando os substantivos. Porque os substantivos são para os deuses, e os verbos para os homens pois”


n * Tendo atravessado bebentes enfurecer-se

(e (Em eslavo eclesiástico)

Despertar

“Para se acordar completamente basta escrever qualquer palavra, pois a escrita é em si mesma, um ato sobrenatural e divino, não-humano”

Ensino

“...Mas Metódio deu a recompensa ao pior; e disse: “O mestre ensina aos bons alunos em pouco tempo. É com os piores que passa mais tempo. Pois é o destino dos mais rápidos passar rapidamente...”

Estilita

“E os turcos o colocaram no alto de uma coluna grega e três arqueiros miraram-no com suas flechas”

Fronteiras

“foi quando uma testemunha viu um grupo de pessoas que carregavam enormes pedras, perguntando: “Onde devemos depositá-las:” e eram as marcas fronteiriças do império Kazar”

Futuro

Disse que o caminho mais seguro para chegar ao verdadeiro futuro (pois existe também um falso futuro) é ir na direção em que teu medo cresce, e pintou os doze apóstolos em tartarugas vivas e soltou-as na floresta”

Grupos étnicos

“Os kazares têm o encargo de defender o estado e sua unidade, devem proteger o reino e defendê-lo, enquanto os outros naturalmente, os judeus, os árabes, os gregos, os godos e os persas instalados na Kazária, puxam cada qual para seu lado, para o seu país de origem”

Homem

“Este espaço entre seus passos é mais estreito do que a garganta mais estreita do mundo, ou então enganamo-nos, como todos aqueles cuja visão serve mais à lembrança do que ao chão sob os pés...”

Ícones

“e sabem ler as cores como notas de música, letra ou números, quando entram numa mesquita ou numa igreja, ao verem os afrescos e os ícones, soletram lêem ou cantam o que está pintado e representado; são a prova de que os antigos pintores praticavam essa arte secreta e contestada”

Itil

“Mas há também um lugar em Itil, a capital kazar, onde duas pessoas (mesmo desconhecidas) que se cruzam podem trocar, como chapéus, seus nomes e seus destinos, e continuar assim sua vida num novo papel”

Jornada

“E com uma nova identidade atravessou o lago Meot e a porta Cáspia dos cimos caucasianos, onde foi acolhido por um enviado do Kaghan que depois conduziu os missionários bizantinos até Samandar, no Mar Cáspio, a residência de verão do Kaghan, onde se realizava a polêmica”

Leitura

Seu discurso dizia assim:

“Ao ler não absorvemos tudo que está escrito, nosso pensamento tem ciúmes de um outro, e a cada instante ele o encobre, porque não há em nós lugar suficiente para dois odores simultâneos”

Localização

“Vivem junto às tribos que chicoteiam o vento, têm relva na cabeça ao invés de cabelos e cujo pensamento é glacial, na Panônia, às margens do lago Balaton, onde os cabelos gelam no inverno e os olhos sob o vento tornam-se como uma colher pequena e uma grande”

Mulher

“Que desvario entre os abissínios,

Os gregos, os turcos e os eslavos

Quando me aproximo de suas mulheres...”

Náusea

“Ele os observava limparem os narizes com os dedos, comendo o catarro e sussurrando preces, lavavam os pés sem se descalçar, cuspiam na comida antes de engoli-la”

Oração

“ e suas mulheres davam à luz suspensas no ar, penduradas na árvore santa; domesticavam os peixes na lama dos pântanos e mostravam ao estrangeiros um velho que rezava tirando um peixe da lama, e deixando-o alçar vôo da palma da sua mão como se fosse um falcão caçador”

Pierre Menard

“Sem dizer uma palavra, o velho mandou-o entrar numa cela e mostrou um jovem pintor, ele olhou a imagem e ficou atônito. O jovem mexia as sombrancelhas como se fossem asas, e pintava tão bem quanto Nikon; não era nem melhor nem pior do que ele, era o mesmo "

Poética

Num cântaro,

o que não é

o cântaro,

na alma,

o que não é

o homem

Escutai, então, vós

que vos alimentais

do silêncio:

Questão

“Um exército comparece ao chamado se não compreende o chamado do clarim?”

Riso

“O risco é simples quando o homem ri de uma única coisa de cada vez, dizia, é o mais barato; em compensação, o riso provocado por duas ou três coisas ao mesmo tempo é bem mais caro; mas este riso é raramente encontrado, como tudo que é caro”

Significados

“E o lugar permanecera por um ano virgem de toda sonoridade e ele explicou-me cada palavra de oito maneiras diferentes: o sentido literal e o sentido espiritual, a linha que é modificada pela precedente e a linha que modifica a seguinte, o sentido secreto e o duplo sentido, o particular e o geral”

Tempo

“E em ambos os anos se embaralham os dias e as estações como cartas de baralho, misturando dias de inverno aos da primavera, e dias de verão aos de outono, eles acreditam que um peixe sem olhos vive nas profundezas do mar Cáspio e que, como um relógio, marca o único tempo exato do universo”

Tradução

“E fez um outro alfabeto com letras gradeadas, prendendo como um pássaro essa língua insubmissa”

Universo

“Da hierarquia das diferentes mortes, na verdade, o único contato possível entre todos os níveis da realidade, onde as mortes, como ecos entre ecos, respondem-se infindavelmente...”

Visão

“ O olho é um alvo para os objetos que estão à nossa frente, são eles que miram o olho e não o contrário, é uma ilusão achar que nossos pensamentos estão dentro de nossa cabeça, a cabeça e nós mesmos por inteiro estamos dentro dos nossos pensamentos, não sou eu que misturo as cores mas teu olho”

Zero

“assim ele cria todo o universo a partir de si mesmo, depois o engole e mastiga tudo que é velho, cuspindo um mundo rejuvenescido sendo que a diferença entre dois sins pode ser muito maior do que a que existe entre um sim e um não”

.

4 comentários:

Luiz Coelho disse...

uma fala repousa entre o verdadeiro e o falso futuro e nela repousa a esperança da escrita, para distinguir as veredas. o mesmo espaço entre os passos do homem, uma fenda onde tb repousa a escrita - fagulha que faz do caminhar algum caminho. E no caminho os passos não são simultâneos, daí a queda, a simultaneidade dos passos. Os odores, como o caminho, são posteriores, mas nunca concomitantes. Os odores são provocados pela glândula do peixe sem olhos, um óleo de rícino. E o tempo sem pressa ou ocaso se esconde em cada palavra sem alfabeto que o peixe desfere por dentro da correnteza, abafada como o silêncio da coruja acordada pelo relâmpago.

Petru disse...

é marechal ! o golfo projetado de maneira direcionada pode causar efeitos fortes ::: tamo junto ! saludos ..

Luisa Coser disse...

incrível. mas você escolhe as palavras e depois procura citações ou você mesmo quem as escreveu? ...

muito bom. beijo

Luisa Coser disse...

aiii encontrei... mas olha que bom acaso, entrei no seu blog e caí direto na palavra leitura do dicionário e dái continuei lendo... meio boba. vou usar algumas citaçòes na minha vida, por enquanto.

!
salut

Marechal Carleto Gaspar 1841

Marechal Carleto Gaspar 1841