sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Milésias Ficciones

.


a Aristides de Mileto e Menipo de Gandara

.

(...)


O taxi parou bem em frente à portaria para trazer a mensagem:


“Guiarias um carro de guerra ou lhe parece melhor a idéia de liderar os arqueiros?”


E Tseu-lou pensou em voz alta: “Eu colocaria ordem nas fortalezas”

.


(Naquele trecho do rio inferior os pescadores

bebiam vinho em quantidades inverossímeis.

Era tida como uma terra de casarões nas barrancas) ..

.

Além de rico comerciante,
era também dono de cortiços
companhias de arrendamento

um velho imbecil

.

.

A verdade é que já não havia mais ninguém em volta


Só alguns olhos de perversa inocência, cebolas arrancadas sob um sol de espetos, o burro, de vértebras rijas, curvo sobre as dunas, e eu olhava a estrada, os calangos, as água de poço sem fundura e pensava que jamais alcançaria o acolchoado.

.

Foi o dia em que trepei na marquise :


um sétimo andar na zona portuária

.

. chovia a cântaros

.

a luz circular do refletor
sobre o colchão improvisado .

.


e eu queria seguir avançando
apesar da franca desvantagem

..

..

mas ela retrucou, precisa: ..

..

Mostre um milagre qualquer

e então desapareça

.

enquanto estiverem todos

surpresos

.

.

2 comentários:

Petru P. disse...

li o poema , como tinha dito a você antes , do fim pro inicio , e como você havia intuido , nas coxas - depois li do inicio pro fim , e realmente , agora prestando mais atenção . Ficou melhor na segunda vez ! :)
está padre tio !

menta disse...

calangos davam cambalhotas
no acolchoado de cebolas
enquanto milagres se
escondiam no cortiço.

Marechal Carleto Gaspar 1841

Marechal Carleto Gaspar 1841